Translate This Page

TRATAMENTO ANTICELULÍTICO COM OZONOTERAPIA

A celulite ou lipodistrofia localizada também designada por paniculopatia esclerótica edematosa é uma inflamação provocada pelas células adiposas do tecido celular subcutâneo e surge habitualmente em mulheres acima de 30 anos de idade com excesso de tecido adiposo. São várias as causas que podem estar por detrás deste problema.

As mais frequentes são: causas hereditárias, sedentarismo, alimentação inadequada, excesso de peso, transtornos endócrinos e má circulação sanguínea por alterações da microcirculação.

  MECANISMO DE AÇÃO DA MISTURA OXIGÉNIO / OZONO

 - Melhora a microcirculação e a oxigenação;

- Possibilita a transformação de lípidos hidrofóbicos (não se dissolvem em água) em lípidos hidrofílicos (dissolvem-se em água)

- Destrói os nódulos celulíticos através da absorção das fibras esclerosadas do tecido conjuntivo que envolvem as células adiposas.

 TRATAMENTO:

 Consiste na aplicação subcutânea de uma mistura de oxigénio/ozono nas zonas afetadas, com um volume e dosagem pré-determinados.

Sendo eficaz contra várias patologias, a Ozonoterapia tem sido cada vez mais utilizada em patologias que afetam a estética corporal.

Garantir uma boa imagem pessoal é também viver com qualidade!

Estudos revelam ainda que o ozono, além das suas propriedades germicidas, desinfeta poros, atua contra a dermatite, elimina células mortas, previne manchas e estimula a formação de vitamina D na epiderme dando firmeza à pele. Em síntese, RETARDA O ENVELHECIMENTO!

O Ozono é um poderoso bioestimulador natural, com uma ação que resulta em melhor oxigenação, hidratação e esfoliação da pele, por interação dos metabolitos formados do ozono que ao entrar em contacto com as membranas celulares da pele, eliminam alguns dos principais efeitos da agressividade do meio ambiente contaminando, favorecendo deste modo:

          - O aumento das fibras de colagénio;

          - A diminuição da inflamação;

          - A cicatrização atravé da neovascularização;

           - O aumento do tecido de granulação;

           - A reepitelização.

MARCAR CONSULTA

Dra. Albertina Vieira

© Copyright Blueberry Clinic