OZONOTERAPIA

  •  A Ozonoterapia é considerada por muitos como uma terapêutica capaz de diminuir o stress oxidativo ou a deterioração que surge com o envelhecimento acelerado. O Ozono tem também efeito imunomodulador, daí a sua aplicação em doenças alérgicas e inflamatórias.

De acordo com as várias Sociedades e Associações Mundiais de Ozonoterapia, podem beneficiar da Ozonoterapia como terapêutica coadjuvante /complementar, portadores de patologias com origem autoimune, inflamatória, dolorosa, infeciosa, isquémica, degenerativa, a exemplo de algumas descritas abaixo:

Doença Osteoarticular: Artrose (do ombro, anca, do joelho, da coluna vertebral, etc.); Bursites e tendinites; Fibromialgia reumática; Hérnia discal e conflitos radiculares; Tratamento local de processos sépticos (osteomielites)

Aparelho Cardiovascular: Varizes e úlceras varicosas; Pé diabético; Tromboflebites; Escaras e úlceras de pressão; Claudicação intermitente; Insuficiência venosa; Cardiopatias;

Aparelho Digestivo: Hepatites; Úlceras gástricas / Gastrite; Colite ulcerosa; Doença inflamatória do intestino / Doença de Crohn; Fistulas perineais; Proctites; Síndrome de cólon irritável; Hemorroidal;

Doenças Autoimunes: Artrite reumatoide; Espondilite anquilosante; Esclerose múltipla;

Doenças Metabólicas: Diabetes Mellitus

Doenças Respiratórias: Asma brônquica; Pneumonia; DPOC;

Dermatologia: Dermatites / Lipodermites e lipodistrofias localizadas (Celulite); Acne; Processos eczematosos; Herpes Simplex e Zoster; Micoses; Queimaduras; Psoríase; Úlceras varicosas; Úlceras diabéticas; Feridas infectadas;

Oncologia: como coadjuvante, pode melhorar a qualidade de vida dos pacientes com cancro, através da melhoria da oxigenação dos tecidos do corpo, permitindo reduzir sintomas em pacientes submetidos a Quimioterapia ou Radioterapia;

Neurologia: Cefaleia vascular / Enxaqueca; Depressão; Doença de Parkinson; Demência senil; Aterosclerose cerebral; Doença de Alzheimer; Doenças neurodegenerativas;

Ginecologia: Vulvovaginites de repetição; Infeções génito-urinárias por vírus, fungos e bactérias; Herpes genital; Complicações sépticas obstétricas e do puerpério (infeções pós-operatórias em cesarianas); Processos inflamatórios e abcessos da mama;

Urologia: Disfunção eréctil; Prostatites; Hiperplasia benigna da próstata; Infeções urinárias;

Oftalmologia: Glaucoma de ângulo aberto; Neuropatia ótica; Retinose pigmentar; Degeneração macular senil;

Odontologia: Gengivites; Branqueamento dentário; Tratamento de cáries;

Geriatria: Cansaço e fadiga crónica; Perda de memória;

Otorrinolaringologia: Faringo-Amigdalite crónica/recorrente; Otites

 

É sempre feita uma avaliação em consulta médica através da história clínica do paciente e da realização de exames complementares de diagnóstico e de acordo com o diagnóstico obtido o utente inicia um protocolo terapêutico.

Marque já aqui a sua consulta de ozonoterapia ou peça esclarecimentos através do 219 432 088 ou do 938 176 171 ou ainda por e-mail para o geral@blueberryclinic.pt

Marcar Consulta:

Drª. Albertina Vieira


  • Médica há mais de 35 anos, especialista em Imunohemoterapia, tendo realizado o internato no Hospital de São José, em Lisboa
  • Exerceu a função de especialista em Imunohemoterapia em vários hospitais de Lisboa, ao longo dos últimos 20 anos, tendo sido responsável no Hospital São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, pela consulta, consultoria, hospital de dia, auditorias e formação de Internos do internato complementar de Imunohemoterapia;
  • Ex-docente de Hematologia no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
  • Diversas comunicações e posters, com a atribuição de vários prémios e menções honrosas em Congressos, na área da Imunohemoterapia, onde tem o grau de Consultor
  • Formação médica em Ozonoterapia em Madrid, há cerca de 10 anos
  • Membro da Associação Espanhola de Profissionais Médicos de Ozonoterapia (AEPROMO)

© Copyright BlueBerry Clinic